COMPRE COM SEGURANÇA, ENVIAMOS PARA TODO BRASIL!

A vinícola

NOSSA HISTÓRIA

A história da Vinícola desenvolve-se a partir de 1875, quando chegam ao Brasil vindos de Terragnolo, província de Trento, norte da Itália, o patriarca Marco Valduga, juntamente de seu filho, Luigi, ainda criança. Ambos instalam-se no Lote de nº13 da região denominada hoje como Vale dos Vinhedos, e inicialmente dedicam-se ao cultivo de milho e trigo.

Marco vem a falecer meses após sua chegada, mas Luigi mantém vivo o sonho do pai: o cultivo de uvas que posteriormente dariam origem aos primeiros vinhos. E em meio a mata virgem surgem os primeiros parreirais, presos às árvores nativas da localidade.

Em 1901, nasce Marco Luigi, filho de Luigi, que quando adulto impulsiona a realização do sonho de seus antepassados, aumenta a produção de uvas, e torna-se um grande vinhateiro, reconhecido na região pela qualidade dos vinhos, na época elaborados com uvas de mesa.

Em agosto de 1946, Marco Luigi dá um grande passo ao registrar a vinícola,  seguindo sua caminhada na arte do vinho. Victor, seu filho mais novo, conforme tradição da época fica na propriedade cuidando de seus pais e comandando a produção iniciada pela família.

Victor casa-se com Regina, e deste matrimônio geram quatro filhos. Leonardo, o único filho homem, que aprende com o pai e o avô a arte de vinificar com tradição e qualidade. Apaixonado por vinhos, Leonardo estuda Enologia e aprimora seus conhecimentos na elaboração dos vinhos.

Em janeiro de 1991, pai e filho lançam juntos seu primeiro rótulo de vinho fino, um Riesling Itálico chamado VILLERE, iniciais dos nomes Victor, Leonardo e Regina. 

Tradição, modernidade e amor andam juntos na Marco Luigi: Victor ainda cuida e supervisiona pessoalmente o cultivo das uvas, e Leonardo conduz a criação e elaboração dos vinhos e espumantes. Todos os processos passam pela mão da família. E o resultado, são produtos excelentes, exclusivos, e para todas as ocasiões.

 

 

A VINÍCOLA HOJE

 A Marco Luigi cultiva no Vale dos Vinhedos, em uma área própria de 32 hectares, as variedades de uvas destinadas à elaboração de seus vinhos e espumantes.

É a única vinícola que corta o Vale ao meio, da Linha Leopoldina, onde se encontra vinícola e varejo, até a Linha Graciema, onde está o Centro de Eventos Marco Luigi. Esta faixa de terra que corta o Vale possui inclinação predominantemente norte, favorecendo a maturação das uvas por maior incidência de sol e baixa predominância de ventos.

Por serem vinhedos cultivados dentro da propriedade, o controle é muito mais preciso, e na vindima, as uvas colhidas chegam em poucas horas para o desengace, mantendo a qualidade e sanidade dos cachos.

Além da preocupação  com a qualidade de seus rótulos, outra prioridade da Marco Luigi é ser uma empresa ecologicamente correta, respeitando o meio ambiente. Para isso faz o aproveitamento da água da chuva (utilizada principalmente na limpeza geral e irrigação) e a utilização dos engaces da uva como adubo orgânico em seus próprios parreirais

O solo tem cobertura vegetal de trevo, o que impede o impacto direto das gotas de chuva na terra, quebrando a energia cinética da chuva e, com isso diminuindo  a erosão. Esta prática, chamada de palhada, mantém a umidade do solo, diminuindo as perdas por evaporação. Aumenta o teor de matéria orgânica, melhorando características físicas, químicas e biológicas da terra. É a matéria orgânica que dá a cor escura aos solos, e garante que ele se mantenha "vivo". Ela atua tanto na fertilidade quanto em seu condicionamento físico, tornando os solos argilosos mais "leves" e soltos e os arenosos com maior retenção de umidade. Há uma regulação térmica do solo, observando-se amenização da temperatura nas horas mais quentes do dia com redução de até 10oC na palhada de superfície do solo, em relação ao solo desprotegido, e retenção do calor residual nas horas mais frias do dia. O resultado são vinhedos saudáveis, com vida longa, e uvas de excelente qualidade.

 

 

Patriarca Sr. Victor 

Cobertura com Trevo